Sinteam

Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado do Amazonas

Assembleia do SINTEAM decide suspender paralisação das aulas presenciais, mas manterá estado de mobilização

15/09/2020 19:00
Imprimir email
Em assembleia geral, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Amazonas (SINTEAM) suspendeu a paralisação das aulas presenciais até que a justiça decida definitivamente sobre a suspensão das aulas na rede estadual de ensino.
"Vamos precisar suspender por causa da determinação judicial e para não prejudicar os colegas que aderiram à paralisação da categoria já que a justiça autoriza a aplicação de faltas para eles, além de multa para o sindicato. Mas queremos deixar claro que as blitzen continuam, os casos positivos ainda crescem, já são quase 2 mil trabalhadores com teste positivo em 70% das escolas reabertas. Se isso não é grave, o governo precisa fazer uma nova leitura da realidade", disse a presidente do SINTEAM, Ana Cristina Rodrigues.
Ana Cristina lembra que mais de 1,5 mil trabalhadores de grupo de risco e com comorbidades foram afastados das atividades presenciais, o governo passou a testar os servidores da SEDUC e as aulas do ensino fundamental foram adiadas graças à atuação do SINTEAM junto aos órgãos de controle como o Ministério Público do Trabalho e às denúncias à imprensa, inclusive nacional.
A decisão da assembleia deve ser levada até a SEDUC. Os trabalhadores retornam para aulas do médio, mas mantêm estado de mobilização e divulgarão uma carta à sociedade em defesa da vida e com um novo calendário de lutas.


Pesquisa pelo site

Pesquisar

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades no seu e-mail!

Cadastre seu e-mail