Atraso de salários e ataque aos direitos dos trabalhadores são constantes no Careiro Castanho, diz a presidente do SINTEAM, Ana Cristina Rodrigues

Envie essa notícia para seu amigo