Sinteam

Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado do Amazonas

Sinteam, maior sindicato do estado, elege nova diretoria

13/11/2018 13:42
Imprimir email
A professora Ana Cristina Rodrigues é a nova presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Amazonas (Sinteam). A eleição teve chapa única e aconteceu ontem, dia 12, em Manaus e no interior. O Sinteam é o sindicato que representa a maior categoria de trabalhadores do serviço público do estado, aproximadamente 30 mil pessoas. Este ano liderou uma greve geral em todo o Amazonas que durou cerca de 15 dias e conquistou 27,02% de reajuste salarial, entre outros benefícios. A posse da nova diretoria acontece em 30 dias.

Entre as prioridades da nova gestão estão a reorganização da categoria, a reativação de delegacias sindicais no interior e o fortalecimento do Sindicato. "Teremos uma conjuntura desfavorável para a luta sindical. Vamos, mais do que nunca, precisar de união de toda a categoria", disse a professora.

Outra bandeira é buscar mais benefícios para os aposentados, como o plano de saúde. "Vamos estudar que alternativas podemos fazer para estender a assistência. Não é justo com quem tanto contribuiu com a educação seja deixado de lado pelo governo no momento em que mais precisa. E a nossa categoria está envelhecendo. Precisamos cuidar dessa parcela", ressaltou Ana Cristina.

Escola sem partido
A presidente eleita do sindicato disse que o Sinteam ainda não recebeu nenhuma denúncia referente à 'mordaça' durante as aulas mas acredita que a partir do ano que vem professores passem por isso. "Não duvido que esse movimento nacional chegue aqui. Estamos à disposição para receber denúncias e apoiar os colegas que se sentirem prejudicados durante o exercício da profissão. Também devemos promover debates sobre o tema em assembleias setoriais", declarou.

Segundo ela, a ideia da escola sem partido evita que haja a construção de um pensamento crítico entre os alunos. "Nunca existiu doutrinação nas escolas. Esse movimento, além de desrespeitar os professores, marginaliza o desenvolvimento das aulas por parte do trabalhador", disse.


Pesquisa pelo site

Pesquisar

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades no seu e-mail!

Cadastre seu e-mail