Sinteam

Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado do Amazonas

Governo volta atrás e retira ação contra Sinteam

07/06/2018 18:52
Imprimir email

O Governo do Estado do Amazonas desistiu da Ação Civil Público que suspendia a greve dos trabalhadores em educação ocorrida no mês de março. A desistência fez parte das negociações da data-base da categoria entre Sinteam e Seduc.

A decisão era assinada pelo desembargador Elci Simões de Oliveira e além de multa diária de R$ 20 mil ao limite de R$ 400 mil, a contar da ciência da decisão, autorizava o Estado a efetuar desconto da remuneração dos servidores que paralisaram as atividades em virtude da adesão à greve.

Além de negociar a extinção da ação contra o sindicato, o Sinteam também conseguiu fazer com que o governo retirasse a ação contra a Asprom. “Consideramos uma vitória não só para o movimento sindical e para a categoria, mas também para todos os servidores do estado, uma vez que não haverá sanção para nosso movimento grevista. Futuramente, se isso fosse à frente, poderia prejudicar futuras paralisações, uma vez que haveria multa para o sindicato, impedindo o livre exercício da democracia”, declarou o presidente do Sinteam, Marcus Libório.



Pesquisa pelo site

Pesquisar

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades no seu e-mail!

Cadastre seu e-mail