Sinteam

Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado do Amazonas

Depois de cobrança feita pelo SINTEAM, professores do PSS que ingressaram esse ano na SEDUC começam a receber seus salários

28/04/2020 22:46
Imprimir email
Com o decreto que instituiu o trabalho remoto, parte dos mais de 1,7 mil professores que ingressaram pelo Processo Seletivo Simplificado na Secretaria de Estado da Educação (SEDUC) este ano não conseguiram fazer os exames admissionais na Junta Médica do estado.
“Começamos a receber retorno positivo de alguns colegas que estavam com dificuldade de assinar o contrato por causa do fechamento das secretarias”, disse a presidente do SINTEAM, Ana Cristina Rodrigues.
No dia 15 de abril, o SINTEAM entrou em contato com a SEDUC no sentido de sensibilizar os servidores a verificar o momento atípico que vivemos e dispensar o exame. “O governo precisa resolver isso. Não existe esperar retornar o atendimento presencial. É uma situação atípica. Essas pessoas precisam receber seus salários. Trabalharam e precisam receber, ainda mais no meio dessa pandemia”, defendeu a presidente do sindicato, Ana Cristina Rodrigues.
“Parece que fomos ouvidos. Ainda bem. Consideramos uma vitória no meio desse caos”.
INDENIZAÇÃO
Um outro grupo de professores do PSS anterior aguarda o pagamento de indenização de salários (férias e outros direitos trabalhistas) desde o fim do ano passado. No dia 28 de março, o SINTEAM entrou em contato com a SEDUC e a secretaria informou que o processo estava aguardando apenas a assinatura do governador Wilson Lima para encaminhar o pagamento.
“Já se passou um mês e não obtivemos resposta. Está faltando sensibilidade. Tem muita gente precisando de ajuda”, disse Ana Cristina.


Pesquisa pelo site

Pesquisar

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades no seu e-mail!

Cadastre seu e-mail