Sinteam

Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado do Amazonas

Depois de pressão do SINTEAM, escolas da Semed começam a diminuir carga de trabalho acima de 18h para professores

19/02/2020 01:31
Imprimir email
Desde o fim do ano passado, o sindicato vem recebendo denúncias de que professores estão sendo obrigados a aumentar a carga horária de trabalho, desrespeitando as horas estabelecidas no concurso e, consequentemente, o Horário do Trabalho Pedagógico (HTP). Hoje o sindicato recebeu a informação de que "gestores mandaram avisar para reduzir as cargas" em algumas escolas. "Isso é fruto da nossa luta", afirmou a presidente do SINTEAM, Ana Cristina Rodrigues.

Em reunião na SEMED no dia 13 de janeiro, a presidente do SINTEAM, Ana Cristina Rodrigues, pediu providências sobre o assunto. O sindicato também denunciou o aumento das horas trabalhadas, sem o cumprimento do Horário do Trabalho Pedagógico (HTP) ao Ministério Público Estadual no dia 7 de janeiro.

O HTP é previsto na Lei 11.738/2008. O artigo 2º, parágrafo 4º, afirma que na composição da jornada de trabalho, será observado o limite máximo de 2/3 (dois terços) da carga horária para o desempenho das atividades de interação com os educandos. O restante do horário (1/3) deve ser destinado para planejamento, acompanhamento de atividades, monitoria, estudo e atualização de documentação. 

"Está é só a primeira vitória. Vamos continuar buscando o pleno funcionamento do HTP", afirmou Ana Cristina Rodrigues.


Pesquisa pelo site

Pesquisar

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades no seu e-mail!

Cadastre seu e-mail